O Senado do Uruguai iniciou nesta terça-feira a sessão para votar a aprovação de forma definitiva do projeto de lei que legaliza a produção e a venda de maconha no país.

A proposta, considerada única no mundo, foi impulsionada pelo governo, que tem maioria na casa.

Fontes legislativas disseram à Agência Efe que os senadores começaram o debate às 10h35 (mesmo horário de Brasília). A previsão é que as negociações demorem horas pois a lei é considerada polêmica.

O bloco governamental Frente Ampla é a favor da proposta, enquanto os opositores Partido Nacional, Colorado e Independente têm restrições à iniciativa.

Uma vez sancionada a lei, que já foi aprovada na Câmara dos Deputados, será aberto um período de 120 dias para regulamentá-la.

Após essa fase, começara a produção e venda de maconha de forma controlada pelo Estado, que criará um registro de consumidores e distribuirá a substância em farmácia e casas especializadas.

Via Folha de S.Paulo / EFE