Enquanto não legalizam no Uruguai, nessa super edição de um pé de cannabis, foi usado o recurso time-lapse. Um processo cinematográfico em que a freqüência de cada fotograma ou quadro (frame) por segundo de filme é muito menor do que aquela em que o filme será reproduzido. Quando visto a uma velocidade normal, um tempo como o do vídeo de 65 noites parece correr mais depressa em 2 minutos e esse salto, é o lapsing. Doidera.

//vimeo.com/28835521