Plantio deve ser feito de acordo com as regras de cada Estado. Cultivo pode ajudar tribos a saldar problemas financeiros e sociais. As informações são do O Globo.

O Departamento de Justiça dos EUA anunciou nesta quinta-feira que tribos nativas americanas estão autorizadas a cultivar e vender maconha em seus territórios soberanos, mas contanto que respeitem as normas estabelecidas dos seus respectivos estados americanos que já legalizaram a exploração e o uso da droga.

Analistas dizem que a decisão pode fornecer uma bonança financeira para as 556 tribos reconhecidas pelo governo federal em todo o país.

– Se as tribos puderem saldar todos os problemas sociais, esta pode ser realmente uma oportunidade formidável – disse o procurador Anthony Broadman, de Seattle.