Cocaína, anabolizantes e maconha. Qual delas o UFC mais condena?

“Depois do campeão Jon ‘Bones’ Jones ser flagrado no antidopping por uso de cocaína, não sendo penalizado e revoltando Matt Riddle, Spider e Diaz também são pegos por uso de Drostanolona e maconha respectivamente. Alguém arrisca qual substância será mais condenada?

 

Integrantes da luta principal do UFC 183, realizado no último sábado (31), em Las Vegas, Anderson Silva e Nick Diaz falharam nos testes antidoping requisitados pelo UFC.

Anderson foi flagrado com as substâncias Drostanolona – espécie de esteroide anabolizante – e Androsterona – forma de testosterona endógena – em um teste pré-luta realizado no dia 9 de janeiro. Já Diaz testou positivo para maconha em um exame pós-luta. Segundo informações do site Tatame.

Anderson alega não ter usado esteroides: ‘Não iria querer manchar minha carreira’

A organização fará um segundo teste em Anderson para confirmar os resultados iniciais. Essa é a primera vez na carreira do Spider que ele é pego com uma substância proibida em testes antidoping. Já Diaz, foi flagrado pela terceira vez. Todas elas pelo uso de maconha.

Confira o comunicado liberado pelo UFC sobre o doping de Anderson:

“Em 03 de fevereiro de 2015, a organização do UFC foi notificada pela Comissão Atlética de Nevada que Anderson Silva testou positivo para Drostanolona no teste para sua luta, realizado no dia 09 de janeiro. O UFC compreende que mais testes serão conduzidos pela Comissão para confirmar estes resultados preliminares. Anderson Silva tem sido um excelente campeão e um verdadeiro Embaixador do esporte das artes marciais mistas e do UFC. O UFC está desapontado por saber destes resultados iniciais. O UFC tem uma rígida e consistente política contra o uso de qualquer droga ilegal, de alteração de desempenho ou agentes mascarantes, por parte de seus atletas.”

  • Renata Rodrigues

    lutar fumado deve ser puxado, hein? mas problema do cara, né? rsrs