Jovem pode ficar 15 anos preso, por causa de 16 gramas de Maconha!

Um jovem de 22 anos que já se encontra a 2 meses detido, pode ser condenado a 15 anos de prisão por portar 16 gramas de maconha.

A pena excessiva seria a mesma correspondente a sentença de um traficante de Cocaína aprendido com uma tonelada. Os investigadores afirmam que o jovem tinha fins comerciais.

Santiago del Estero, uma província Argentina, está inquieta devido ao caso do jovem que tem apenas 22 anos, mas poderá passar 15 anos atrás das grades. Após passar os últimos 2 meses detido, agora será julgado e poderá cumprir a sentença em uma prisão federal.

Se trata do Jovem Alex Torrijo, que portava uma quantidade ínfima de Maconha: 16 gramas.
Os Investigadores disseram que embora a quantidade seja insignificante, não seria para consumo próprio e que o mesmo estaria traficando.

Tudo começou em Janeiro, quando acharam os 16 gramas com o rapaz.  Ele foi detido, teve celular e mochila confiscados, mas logo foi liberado.

O investigador Pedro Simón, decidiu abrir uma investigação mais a fundo e quatro meses depois um Juiz ordenou a batida no quiosque em que o jovem trabalhava e nesse momento encontraram outras 15 gramas em sua posse.

“Não é por causa de 15 gramas de maconha que ele será preso, há investigações e indícios de que se trata de tráfico de drogas. A investigação começou em Janeiro e o detivemos em Junho” disse Simón.

O jovem responde por Tráfico de Drogas e a pena para tal delito varia de 4 a 15 anos. Agora o mesmo será encaminhado para a Prisão Federal de Colonia Pinto.

Por outro lado, defensores afirmam que o jovem foi “mal defendido” pela Defensoria e por seu antigo advogado.

O investigador insiste que a decisão de prender o rapaz, foi bem tomada. ” Durante as investigações pudemos concluir que o jovem não tinha emprego fixo, não estudava, morava com o pais e traficava drogas.” Acrescentou Simón.

Para  Lucas Vieyra Ortiz, seu novo advogado ” É um absurdo ele passar tanto tempo preso sem um julgamento, ainda é mais absurdo que o indiciem como traficante, quando obviamente se trata de um caso de consumo pessoal ”
Ortiz observa que ” O juiz ignora as primeiras oito páginas do processo, em que há indícios de conduta de Alexis”

A nova defesa entrou com um recurso em Agosto.

Jovem Alexis Torrijo
Jovem Alexis Torrijo

Tradução: SmokeBud
Fonte: Diario Registrado