“Quarta-feira verde”, assim foi chamado o primeiro dia das vendas da maconha legalizada para fins recreativos.

Donos de lojas de maconha no Colorado comunicaram que fizeram US$ 1 milhão em vendas por todo o estado, no primeiro dia da maconha legalizada para fins recreacional, de acordo com o Denver 9News. A nível nacional, na indústria da maconha legal é esperado trazer US$ 2.34 bilhões de dólares em 2014, incluindo tanto as vendas médicas e recreativas.

A maioria das 24 lojas que abriram na quarta-feira (01/01) foram em Denver. Proprietários da cidade expressaram preocupação sobre a grande quantidade de dinheiro, uma vez que os regulamentos bancários federais atualmente proíbem os bancos de trabalhar com a indústria da maconha enquanto a droga continue sendo classificada como ilegal pelo governo federal.

“Todos sabemos que isso precisa ser corrigido, porque não há uma boa razão para que essas empresas não sejam autorizadas a terem contas bancárias – os principais maus motivos: segurança e a preocupação na prestação de contas com a Receita”, disse Mike Elliott, diretor-executivo da associação comercial do Grupo Industrial de Maconha Medicinal.

A solução em breve poderá ser alcançada, mas enquanto a indústria lida com a forma de tratar o seu dinheiro, Colorado aposta na erva: com um oitavo de uma onça, o equivalente a 3.5 gramas, vendido atualmente entre US$ 35 e US$ 70 após os impostos, o estado estima que a indústria da maconha varejista trará um rendimento de US$ 67 milhões em receitas fiscais.

Os primeiro US$ 40 Milhões de dólares gerados pelo imposto de consumo no Estado será dedicado à construção de escolas, e o restante será direcionado a regulamentação da maconha.

Via HuffPost
Tradução: SmokeBud