Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Cantor country conta em autobiografia que fumou baseado no telhado da sede do governo dos EUA. As informações são da Folha de S. Paulo

O cantor country americano Willie Nelson, tão conhecido por seu cabelo trançado quanto por suas melodias, conta em sua autobiografia publicada nesta terça-feira (5) que, em 1977, fumou maconha na Casa Branca.

Dois dias depois de ser libertado da prisão por posse de cannabis nas Bahamas, o presidente Jimmy Carter convidou Willie Nelson para jantar na Casa Branca para lhe agradecer o apoio na campanha de 1976.

Leia também:  Jogadores querem liberar Maconha no Futebol

Nelson observou que, após o jantar, um “íntimo da Casa Branca” o convidou a subir ao telhado para apreciar a vista de Washington. E essa pessoa, cuja identidade não é revelada pelo cantor, tirou um baseado do bolso.

Aperte e Leia: Snoop Dogg deu ‘um dois’ na Casa Branca

“Fumar um ‘baseado’ no telhado da Casa Branca, isso me fez pensar”, escreve Willie Nelson, 82, na autobiografia intitulada “It’s a Long Story” (“É uma longa história”, na tradução livre).

“Algumas questões de ordem filosófica vêm à mente, do tipo: ‘Porra, como eu fui parar aqui?”, continuou.

Leia também:  Maconha será vendida em farmácias uruguaias no 2º semestre

Willie Nelson diz que prefere mil vezes a maconha ao álcool, “porque a maconha nunca (o) traiu”.

“Ao contrário do álcool, a maconha jamais me fez mal ou me deixou violento”, filosofa.

Willie Nelson, que ainda leva o longo cabelo grisalho em duas tranças, é um dos últimos gigantes vivos da tradição norte-americana do folk-country simbolizada pelo falecido Johnny Cash.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Escreva seu comentário

DESCONSTRUA

Please enter your comment!
Please enter your name here